A Justiça autorizou a Polícia Militar de Santa Catarina e utilizar dois carros de luxo que eram de um traficante e foram apreendidos em Balneário Camboriú. Os carros até foram levados a leilão, mas, como não apareceram compradores, o 12º Batalhão de Balneário Camboriú, e a Polícia Militar Rodoviária receberão um Porsche Cayenne e um Mercedes modelo E63. Juntos, os dois carros valem quase R$ 700 mil e pertenciam a um foragido de Goiás, acusado de chefiar o tráfico de drogas naquele Estado, que vivia uma vida de milionário em Santa Catarina. A cessão para uso na segurança pública, por enquanto, é provisória mas não é nova, em BC, o batalhão teve autorização judicial para usar um Camaro apreendido.

 

As viaturas já estão sendo "adotadas" por empresários que estão bancando custos de envelopamento e colocação de sirene, rádio e giroflex. A gasolina fica por conta da Polícia Militar.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram

Facebook Messenger