A Unesc e a PM (Polícia Militar) estão dialogando para garantir ainda mais segurança no campus da Universidade e na região que a cerca.

O coordenador do curso de Direito e procurador jurídico da Instituição, João Carlos Medeiros Rodrigues Junior, e a assessora do gabinete da Reitoria, Tatiane Macarine, receberam os representantes da Polícia Militar, capitão Marcelo Rodrigues, tenente-coronel Cristian Dimitri, Coronel Cosme Manique Barreto e coronel Márcio José Cabral.

O objetivo do encontro, segundo Rodrigues, foi avançar nos diálogos sobre segurança.

“A preocupação da Universidade vai além de seus muros. Logo ao lado temos a Satc e outras instituições de grande movimentação de pessoas, além do fluxo natural dos horários de pico. A proposta é unir forças na busca por soluções e segurança para quem transita entre os bairros próximos”, explicou.

Parceria

Em resposta, o tenente-coronel Cristian Dimitri ressaltou as ações já realizadas pela Polícia Militar e valorizou a busca de uma parceria por parte da Unesc

“Conquistamos em Criciúma uma diminuição de 48% nos índices de criminalidade. Frente as ocorrências recentes, mais uma vez mobilizamos nossas equipes para reforçar a presença dentro e fora das instituições de ensino da região. Trabalhar em conjunto trará ainda mais frutos”, afirmou.

Durante o encontro, também foram levantadas possíveis iniciativas, como a integração entre os vigilantes da Universidade e policiais militares, qualificando os grupos de vigilância já existentes; palestras educativas sobre segurança para estudantes; implantação de um posto de parada para a Polícia estar mais presente no campus, e treinamentos para as equipes responsáveis pela segurança na Instituição.

Comissão de segurança

Já em andamento, o projeto de uma comissão de segurança voltará a ser discutido.

Ela será responsável pela implantação de um sistema de alta tecnologia para monitoramento e prevenção de ocorrências.

O ex-reitor e Assessor Institucional da Unesc, Edson Rodrigues, também esteve presente.