A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) desencadeou no último final de semana, em todo o Estado, a “Operação 4.000”.

A ação policial teve como objetivo reduzir a criminalidade, em especial, a letalidade violenta, vias de fato, furto, roubo, fatos relacionados com a violência contra mulheres, que estão correlacionados direta ou indiretamente a ingestão de bebidas alcoólicas e uso de drogas.

Nesse sentido, a Polícia Militar intensificou o policiamento através de barreiras itinerantes, voltadas à Lei Seca, bem como a fiscalização de estabelecimentos comerciais, tipo bares, bailes e similares.

Para isso, foram empenhados na operação mais de 4.000 policiais militares no Estado. Total de Policiais Militares que trabalharam na operação – 5745, média de 2873 por dia. Foram fiscalizados 460 apenados, apenas 174 foram localizados. Entre as ações destaca-se troca de tiros com arma apreendida em Balneário Camboriú e 21 quilos de maconha apreendidos em Florianópolis.

COMPARATIVO DIA DOS PAIS - 2017/2018.

Período das 20hs de sexta até às 10h00 de Domingo

CVLI - Crimes violentos letais contra a vida - redução de cerca de 70%,

Roubo redução de cerca de 45%

Furto redução de cerca de 15%

Porte ou posse ilegal de arma de fogo aumento de cerca de 58%

Ocorrência Geradas pela PMSC redução de cerca de 1%.

Fontes: CVLI - ACI/PMSC

Demais delitos SADE.

RESUMO OPERAÇÃO PM 4000

TOTAIS

EFETIVO EMPREGADO - 5.745

VIATURAS EMPREGADAS - 2.042

VEICULOS ABORDADOS - 20.521

VEÍCULOS REMOVIDOS - 671

PESSOAS PRESAS LEI SECA - 59

BARES VISTORIADOS - 1.677

PESSOAS ABORDADAS EM BARES - 9.795

DROGAS APREENDIDAS

MACONHA - 45 Kg

CRACK - 1,1 Kg

COCAÍNA - 0,724 Kg

APENADOS

Fiscalizados - 460

Localizados cerca de 37%

ARMAS DE FOGO

Total de 19 armas

Quer receber as notícias no WhatsApp?