A Polícia Militar realizou nesta quarta-feira (22) mais uma atividade do estágio dos alunos soldados que participam do Curso de Formação de Soldados 2017, em Jaraguá do Sul. De acordo com o major Aires Volnei Pilonetto, as barreiras de trânsito formadas em diversos pontos da cidade servem como treinamento de campo dos novos policiais e não foram realizadas pelo retorno serviço de guincho na cidade. Mas, com o contrato retomado na quarta, veículos acabaram sendo apreendidos. “O estágio faz parte do processo de formação. O foco principal do instrutor na via pública, tanto que todos os alunos estão agrupados em um único local, é acadêmico”, comenta. Pilonetto ressalta que todas que passarem pelo local com pendências, como com o licenciamento vencido, serão autuados normalmente pelos policiais militares. O coordenador do Curso de Formação de Soldados, realizado pelo 14º BPM, explica que a blitz é educativa apenas para os alunos soldados. Os instrutores buscam a boa formação dos futuros PMs. “Estamos desde quarta realizando barreiras na cidade com os alunos soldados e a vinda do guincho foi apenas uma coincidência, pois estamos desde 2004 sem o serviço”, ressalta, ao revelar que ainda não foram feitas operações específicas no trânsito da cidade. LEIA MAIS: - Com liberação do pátio, serviço de guincho volta a operar em Jaraguá do Sul