A Polícia Militar registrou 71 ocorrências de crimes eleitorais em Santa Catarina até às 15h37 deste domingo (2). O Comando-Geral da PM acompanha as ocorrências do primeiro turno das Eleições 2022 em tempo real em uma sala de situação.

Até o momento, há 38 ocorrências de boca de urna, sendo 10 em Criciúma, uma em Balneário Camboriú, uma em Três Barras, quatro em Itajaí, uma em Princesa, sete em Florianópolis, uma em Bombinhas, uma em Treze de Maio, uma em Joinville, uma em Canoinhas, uma em Araranguá, uma em Porto União, uma em Otacílio Costa, uma em São Joaquim, três em Jaraguá do Sul, duas em Biguaçu e uma em Itapema.

Também foram registradas 12 ocorrências de propaganda política, uma em Tubarão, uma em Caçador, duas em Jaraguá do Sul, uma em Rio Negrinho, duas em Joinville, uma em Joaçaba, uma em São Miguel do Oeste, uma em Orleans, uma em Forquilhinha e uma em São Pedro de Alcântara.

11 ocorrências de descumprimento de procedimentos para apuração eleitoral, sendo uma em Cocal do Sul, uma em Içara, duas em São José, uma em Joinville, duas em Chapecó, uma em Lauro Muller, duas em Itapema e uma em Morro da Fumaça.

Oito ocorrências por promover desordem que prejudique os trabalhos eleitorais, sendo quatro ocorrências em Joinville, uma em Chapecó, uma em São Francisco do Sul, uma em Criciúma e uma em Balneário Camboriú;

Uma ocorrência por utilizar no dia da eleição alto-falantes ou promoção de comício ou carreata, em Cunha Porã. Uma ocorrência de compra de votos foi anotada em Camboriú, além de duas ocorrências por impedir ou embaraçar o exercício do voto em Joinville.