A Polícia Militar realizou a Operação Eleições 2022 neste domingo (2). Até às 17h, 118 ocorrências foram registradas em Santa Catarina. Durante o pleito, foram confeccionados 25 termos circunstanciados.

Ao todo, foram registradas 66 ocorrências de boca de urna, 23 por realizar propaganda política de qualquer natureza no dia das eleições; 12 por descumprimento de procedimentos para apuração eleitoral e 12 por promover desordem que prejudique os trabalhos eleitorais.

No dia da votação, também foram anotados um caso de utilização alto-falantes e amplificadores de som ou promoção de comício ou carreata; duas ocorrências de impedir ou embaraçar o exercício do voto; uma de compra de voto; e uma de violar ou tentar violar o sigilo do voto.

A Operação Eleições 2022 foi planejada entre a PM e o TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina) e contou com 5.300 policiais. Foram fiscalizados 3.226 locais de votação e seu entorno em todo o Estado.

Para o comandante-geral da PM, coronel Marcelo Pontes, as eleições de 2022 foram uma das mais tranquilas da história de Santa Catarina.

Os policiais militares estiveram nas ruas, nas proximidades dos locais de votação, atuando na garantia da preservação da ordem pública e, em caso de necessidade, atuaram para reprimir possíveis crimes relacionados ao pleito.

Seja através de denúncias realizadas pelo 190 ou pelo aplicativo PMSC Cidadão e pelos policiais presentes nos locais de votação, a Polícia Militar averiguou todas as denúncias recebidas de crime eleitoral.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança