O 14º Batalhão de Polícia Militar mobilizou todo seu contingente para atuar na área de segurança nas eleições em Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, Massaranduba e Corupá, neste domingo (7). A operação Eleições é considerada a maior ação da PM na região.

De acordo com o chefe do Setor de Comunicação da unidade, major Aires Volnei Pilonetto, todo o efetivo do batalhão será mobilizado para garantir o bom andamento do pleito.

Ele afirma que a Polícia Militar é intolerante com abusos e o desrespeito à legislação e vai tomar medidas sempre que houver necessidade. Apesar disso, espera que a eleição seja tranquila, apesar de algumas pessoas terem sido presas na última eleição.

“No dia da eleição, os flagrantes de crimes eleitorais serão encaminhados diretamente para o juiz para que sejam tomadas as medidas conforme a situação. Nós pedimos a cooperação das pessoas para observar a legislação e que utilizem apenas o que é permitido. É permitido um broche, um adesivo e uma bandeirinha. Até a manifestação individual é permitida, mas sem exageros”, explica.

Os policiais militares vão dar atenção especial para as seções de votação onde há um movimento maior de eleitores. Nesses locais, de acordo com Pilonetto, há uma chance maior de haver a incidências de crimes eleitorais, como a boca-de-urna.

“Em Jaraguá do Sul, a fiscalização é bastante forte. Não serão permitidos comícios, aglomerações de pessoas, bandeiras e panfletagens. Também não será permitido o estacionamento de veículos com propagandas políticas nas proximidades dos locais de votação. Se nós identificarmos, nós vamos fazer a remoção desse veículo, mesmo se estiver em um terreno particular. Depois, vem as consequências por parte de Justiça Eleitoral”, descreve.

PM fará segurança dos juízes e seções

Pilonetto destaca que há três zonas eleitorais nos cinco municípios em que o 14º BPM atua na região – 17ª, 60ª e 87ª zonas eleitorais. A PM também faz o acompanhamento direto dos juízes eleitorais, além da segurança dos locais de votação.

A sede do batalhão é responsável pelo planejamento da segurança das urnas de Jaraguá do Sul e cada comando acaba também por planejar o esquema nos outros quatro municípios.

As guarnições especiais – Pelotão de Patrulhamento Tático, Canil e Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas – apoiam as unidades de radiopatrulha na região.

Além dos policiais que trabalham durante o policiamento ostensivo no domingo, PMs que estão no serviço administrativo do batalhão e policiais de folga serão convocados para trabalhar no dia da eleição.

“Será implantado um reforço de 15 viaturas em Jaraguá do Sul para atender adequadamente as seções eleitorais. As viaturas de policiamento ostensivo permanecem no seu trabalho normal, mas com um olhar mais atento às questões eleitorais”, explica o major da PM. “

Mesmo as seções que têm uma única urna são atendidas pelas rondas”, completa.

Polícia Civil de prontidão

A Polícia Civil vai reforçar o plantão da Delegacia da Comarca de Jaraguá do Sul. Segundo o delegado regional Adriano Spolaor, o delegado plantonista é quem vai ficar responsável pelos flagrantes ocorridos durante a eleição.

Nesta sexta-feira (5), Spolaor realizou uma convocação para que vários policiais fiquem de sobreaviso durante o dia. Caso seja necessário, esses agentes serão chamados pelo delegado plantonista.

"A Polícia Civil está preparada para enfrentar qualquer tipo de situação. O histórico das últimas eleições nos deixa confortáveis para esse domingo. A expectativa é de que tudo ocorra dentro da normalidade”, comenta.

Vigilância total

As urnas eletrônicas ficam no cartório eleitoral até este sábado (6). Segundo o chefe do cartório, Eduardo Arbigaus, a distribuição será realizada a partir das 12h, quando elas serão transportadas e distribuídas por caminhões.

A partir das 13h30, os equipamentos eletrônicos serão enviados para as respectivas seções eleitorais. “Geralmente, a distribuição é bem tranquila e não tem nenhum histórico de incidentes”, conta Arbigaus.

Depois que chegarem nos locais, elas serão guardadas por delegados de prédio, encarregados de fazer a vigília das urnas durante o sábado e o domingo. A PM também vai fazer a segurança dos locais de votação.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?