A Polícia Militar foi recebida a tiros na tarde desta segunda-feira na região dos trilhos no bairro Paraíso, em Criciúma.

A guarnição GR9 realizou uma incursão próximo à linha férrea, em um ponto conhecido e usual para o tráfico de drogas, utilizando a viatura até um ponto onde havia uma barricada (com pedras e troncos), justamente para impedir a passagem.

Quando os policiais desembarcaram, cerca de pelo menos seis suspeitos passaram a se evadir a pé.

“Realizamos acompanhamento a pé aos mesmos, quando ouvimos disparos de arma de fogo. Que não foi possível visualizar de onde estavam vindo os disparos. Que continuamos a incursão com cautela e observamos dois masculinos, um de jaqueta vermelha e outro de jaqueta cinza, que ambos claramente estavam com armas de fogo e pulavam um muro. Que demos a volta na rua, ainda percebendo alguns dos masculinos correndo, que foi verbalizado "parado, polícia", por diversas vezes, sendo perdido de vista alguns deles por mais alguns instantes e ouvido novamente disparos”, detalhou a corporação.

Um dos policiais retornou pelo outro lado da rua, com a viatura, e abordou um suspeito, que estava com um ferimento na perna esquerda, aparentemente resultado de disparo de arma de fogo. Ele foi socorrido pelo Samu, encaminhado ao Hospital São José, liberado em seguida sem riscos e encaminhado à delegacia.

“Este era um dos masculinos que havia se evadido e dispensado invólucros de plástico contendo crack (64 gramas), pelo caminho, os quais foram apreendidos pelos policiais. Outro suspeito que também estava se evadindo a pé foi abordado. Com ele foram localizados mais invólucros de plástico contendo crack (19 gramas) no bolso de sua jaqueta e R$ 125 em notas diversas".

A guarnição do K9 realizou o faro no local onde os acusados estavam no início da fuga e localizou mais um invólucro de plástico contendo crack (10 gramas). Também foi localizada uma balança de precisão escondida nas proximidades.

“Todos os invólucros de plástico localizados possuíam quantidade relevante da droga e já possuíam muitas embalagens separadas e embaladas para a venda. Que diante dos fatos, ambos abordados foram conduzidos até a delegacia de Polícia Civil, para que fossem lavrados os procedimentos pertinentes”, concluiu a PM.

 

Foto: Tcharlles Fernandes/Melhores Publicações