A Polícia Militar realizava rondas pelo bairro Cristo Redentor, em localidade costumeiramente utilizada para o tráfico de drogas, na tarde deste sábado, quando se deparou com um Sandero, vermelho, parado (veículo de aplicativo).

Ao lado do carro estava um suspeito, de 20 anos que, segundo a PM, já é amplamente conhecido pelo seu histórico de tráfico de entorpecentes. Este estava na janela traseira do veículo, com as mãos para dentro do automóvel, conversando com um passageiro que estava no banco de trás, de 31 anos.

Ao perceber a presença policial, o primeiro avistado se afastou bruscamente jogando uma balança de precisão no chão.

Realizada a abordagem policial, o condutor do banco traseiro tentou empreender fuga, sendo contido e imobilizado pelos militares.

Na tentativa de fugir, dispensou um invólucro de crack, pesando aproximadamente 15 gramas.

Em conversa com os dois envolvidos, o passageiro do veículo de aplicativo informou que havia, anteriormente, deixado a quantia de R$ 200 com o primeiro abordado para, mais tarde, retornar e pegar 15 gramas de crack, ação esta frustrada pela ação policial.

Diante dos fatos, os dois abordados foram conduzidos para a delegacia, juntamente com o motorista do veículo, sendo o primeiro pela prática de tráfico de drogas e os outros como testemunhas.