Um criminoso, com diversas passagens policiais, considerado de alta periculosidade e com mandado de prisão ativo pelo crime de roubo, "deu trabalho" à Polícia Militar durante a captura.

A ocorrência foi registrada neste domingo, no bairro Fábio Silva.

Ele tentou fugir por mais de uma vez e ainda agrediu os policiais.

O criminoso, ao avistar as viaturas, fugiu pulando diversos muros e ainda apontou um revólver em direção a um policial que tentava alcançá-lo.

O militar imediatamente efetuou dois disparos, não alvejando-o.

O até então foragido seguiu correndo, pulando obstáculos e se escondeu embaixo de uma casa, onde havia vários entulhos e madeiras de construção.

Cerco

As guarnições no cerco lograram êxito encontrando-o em meio a várias madeiras e entulhos.

Ao ser abordado, o acusado relatou que havia perdido a arma durante a fuga.

Diante dos fatos, foi conduzido até a viatura.

Munições, acessórios e maconha foram apreendidos/Foto: PM Criciúma

A PM então solicitou à guarnição do Canil para realizar um faro na residência e no trajeto de fuga.

Segundo a PM, no faro realizado na casa e no trajeto foram localizadas duas munições de calibre 38, uma munição de calibre 32, entre outros acessórios de armas de fogo, bem como 0,4 gramas de maconha.

Durante os procedimentos de finalização da ocorrência, ao trocá-lo de viatura para condução à delegacia, o abordado havia colocado as algemas para frente do corpo e chutou um policial tentando mais uma vez fugir.

Novamente correu, rompeu obstáculos e invadiu residências, subindo em um veículo para pegar impulso com o objetivo de ultrapassar uma murada de cerca de três metros de altura.

O criminoso chegou a cair do muro, por estar muito molhado devido às chuvas, buscando em seguida novamente se esconder sob outra casa.

Mais uma vez

Montado o cerco na localidade, os policiais o localizaram e, em uma última oportunidade, ele ainda tentou puxar a arma de um dos militares, sendo imediatamente contido por meio de controle de contato, causando lesões em um dos policiais.

Assim, outra vez foi conduzido até a viatura e algemado nas pernas para uma maior segurança dos presentes, sendo então encaminhado para a Delegacia de Polícia, assim como os objetos apreendidos.