Um homem de 52 anos foi preso por porte ilegal de arma de fogo, porte ilegal de munições, porte ilegal de munição de uso restrito, maus-tratos a animal e porte ilegal de animal silvestre. A ocorrência foi registrada por volta das 14h deste sábado (29), na localidade de Tifa da Pólvora, no bairro Czerniewicz, em Jaraguá do Sul.

De acordo com a PM, o caso começou na noite de sexta-feira (28), quando o suspeito atirou contra um cachorro do vizinho. O dono do bicho foi conversar com o agressor e foi ameaçado. A vítima chamou a Polícia Militar e uma guarnição foi enviada para o local. O autor negou de primeira, mas acabou assumindo os disparos durante a abordagem.

Ele disse que não tinha nenhuma arma na casa, mas os policiais militares desconfiaram do nervosismo e da pressa do autor dos disparos. Os PMs realizaram uma busca minuciosa na casa e encontraram um cano de PVC de 150 milímetros no canil de um pitbull bravo.

Dentro do cano estava dois revólveres calibre .38. uma garrucha, uma espingarda de pressão, 60 munições calibres .38, .380, .22, .45, 12, 36, 7.62 de festim, .50, 12 e 36. Além de carregadores de cartuchos. Uma arara sem registro foi encontrada e apreendida. As numerações das armas estavam suprimidas. Maconha para uso também foi encontrada. Essa é a segunda vez que o autor dos disparos é preso com armas. O cão baleado ficou ferido, mas está internado numa clínica veterinária e passada bem.

Quer receber as notícias no WhatsApp?