O movimento nas lojas da região central de Jaraguá do Sul aumenta com a chegada da temporada de natal. A Polícia Militar alerta para a atuação de estelionatários nesta época do ano. Com a grande movimentação de dinheiro, principalmente com o pagamento do 13º salário, aumenta o risco de golpes. “Nessa época do ano, a movimentação financeira aumenta. As pessoas estão com dinheiro em espécie, sacam no banco e frequentam o comércio. Os aproveitadores de todo o gênero se aproveitam dessas situações”, comenta o major Aires Volnei Pilonetto, chefe da Seção de Comunicação do 14º Batalhão de Polícia Militar. De acordo com Pilonetto, as pessoas idosas são os alvos preferidos dos estelionatários. “O meliante observa a pessoa sacando dinheiro ou saindo do comércio, imagina que a pessoa pode ter algum dinheiro consigo e os golpes são aplicados. Apesar de a gente não ter muito histórico de roubos e furtos a transeunte na área central neste período, há diversos casos de golpes do bilhete premiado, do achadinho. Enfim, há diversos tipos de golpes”, explica. O major da PM pede que as pessoas fiquem atentas aos estelionatários. Geralmente, eles utilizam o apelo do dinheiro fácil para aplicar os golpes. “Se a pessoa for interpelada com uma história de dinheiro fácil, de estar ajudando alguém e ganhando alguma coisa, normalmente tem alguma coisa errada. Normalmente, ela acaba pagando algo primeiro para depois reaver um lucro”, descreve, ao ressaltar que esses são os principais tipos de golpes. “São vários golpes e a internet está recheada de ocorrências do tipo”, completa. A Polícia Militar prepara um esquema especial de policiamento no Centro durante o período de fim de ano. “Com a chegada do horário estendido, no dia 9 de dezembro, nós estamos planejando juntamente com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul o reforço do policiamento nas ruas do Centro, como fazemos todos os anos. A ideia é garantir a segurança das pessoas. Se elas não se sentirem a vontade com alguma situação, por um cidadão que tente aplicar um golpe, pode ligar para o 190 ou procure um policial militar na via pública”, afirma. Pilonetto reitera que nessa época do ano é preciso ter um cuidado especial com o comércio na área central, pois muitos jaraguaenses que moram nos bairros vêm para o Centro para fazer compras. “Então, a gente faz a alocação e otimização do policiamento com atenção à área comercial, principalmente no Centro”, pondera. “A gente não vai deixar outras áreas desguarnecidas, até porque as atividades da PM estão intensas após a retomada do serviço de guincho em Jaraguá do Sul. As pessoas estão percebendo muito mais a atuação da PM na via pública e a gente percebe que o criminoso deixa de cometer crimes. Essas ações tem um viés positivo sob a ótica da segurança”, finaliza.