Piloto é preso após tentar desligar motores de avião em voo nos EUA

Foto: Reprodução/Alaska Airlines

Por: Elisângela Pezzutti

24/10/2023 - 09:10 - Atualizada em: 24/10/2023 - 09:25

Um voo da Alaska Airlines com destino à cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, teve que ser desviado para a cidade americana de Portland depois que um piloto de folga que estava no avião tentou desligar os motores da aeronave. O caso aconteceu no último domingo (22).

Uma tragédia não aconteceu porque a equipe de voo conseguiu dominar o homem. De acordo com a polícia de Portland, ele foi preso e responderá por tentativa de homicídio contra as 83 pessoas que estavam a bordo da aeronave e também por colocar um avião em risco.

A agência federal de aviação informou que o piloto que estava de folga utilizou o sistema de prevenção de incêndio do avião para tentar desligar os motores.

Um banco de dados de pilotos aponta que o homem que tentou desligar os motores é um piloto certificado que recebeu autorização médica no mês passado.

É bastante comum que pilotos de folga ocupem assentos vazios para retornar para casa ou para trabalhar a partir de um outro destino.

O FBI em Portland afirmou que “está investigando e pode garantir ao público viajante que não há ameaça contínua relacionada a este incidente”.

A Alaska Airlines declarou que todos os passageiros que estavam a bordo foram transferidos em segurança para outro voo.

*Com informações da CNN