Um homem de 40 anos, identificado apenas como Zulmar, está internado no Hospital Regional de São José após ficar cerca de 17 horas no mar e ser resgatado pelo Grupo de Buscas e Salvamento (GBS), dos Bombeiros, na tarde deste domingo (02).

Zulmar é um dos três pescadores que estavam num bote que virou na baia sul, entre Florianópolis e Palhoça, na tarde de sábado (01). Os outros dois ocupantes da embarcação - não identificados - conseguiram nadar até uma ilha e foram os primeiros a serem resgatados. Todos estavam com os coletes salva-vidas.

Os três saíram da Praia de Fora, em Palhoça, para pescar da num bote de aproximadamente quatro metros de comprimento. De acordo com o relato de um deles aos bombeiros, a hélice do bote teria enroscado numa rede de pesca e a embarcação teria ficado à deriva. Com o mar mexido devido as condições do tempo no final da tarde de sábado, o bote teria virado.

Dois pescadores conseguiram nadar até a Ilha do Largo, localizada na parte sul de Florianópolis, e foram localizados pelo GBS por volta das 8 horas de domingo. O terceiro só foi resgatado cinco horas depois, já próximo à Praia do Riso, em Florianópolis. Ele estava a cerca de 200 metros da costa. Zulmar estava cansado e com hipotermia e foi levado ao hospital onde se recupera.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?