Um crime chocou a cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, neste sábado (3). Pai e filho foram assassinados a tiros por um bandido que havia acabado de cometer uma tentativa de assalto. Gilberto Mendes, de 61 anos, e o filho, Gabriel Mendes, de 16 anos, foram encontrados mortos dentro do apartamento pela polícia. Vera Lúcia, mulher de Gilberto e mãe de Gabriel, conseguiu fugir com ferimentos pelo corpo. O caso começou por volta das 5h, quando o assaltante abordou três homens na frente de um bar na Rua Floriano Peixoto, no Centro. Um deles, Marcelo Fraccari, de 37 anos, reagiu e foi baleado. Fraccari foi levado pelos amigos para o hospital. O bandido fugiu e entrou em um apartamento, localizado no andar térreo e com entrada pelos fundos do prédio onde fica o bar, e fez a família de refém. Após levar dois tiros, Vera se escondeu no guarda-roupa do filho e mandou uma mensagem para um parente. “Oi. Estamos feridos. Trancados no quarto. Me ajuda, estamos feridos, estamos todos. Me ajuda. Não demora, por favor, estou com um zumbido no ouvido e uma bala na cara", escreveu Vera. A vítima conseguiu fugir e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Ela está internada no Hospital Universitário em estado estável. Familiares chamaram a Brigada Militar e foram até o apartamento, mas não conseguiram entrar porque a porta estava trancada. O autor dos disparos não foi identificado e está internado na Unidade de Pronto-atendimento, sob custódia, em estado grave. A suspeita é de que ele teve uma overdose. “Quando a polícia entrou, ele estava no quarto do casal, em um canto, sujo de fezes, e a pistola estava em outro”, contou o delegado regional Sandro Meinerz, que esteve no local, ao Diário de Santa Maria. A Polícia Civil gaúcha investiga o caso. Com informações do Diário de Santa Maria.