Um padre foi preso sob a suspeita de abusar de meninos em casas paroquiais. De acordo com a denúncia, os abusos aconteciam em casas paroquiais de Joinville e São Francisco do Sul e, o padre teria abusado de pelo menos cinco meninos. O padre, de 36 anos teve a prisão preventiva decretada e foi detido na tarde de sexta-feira (9), no bairro Jardim Paraíso, zona Norte de Joinville. As investigações iniciaram há cerca de duas semanas, em São Francisco do Sul, onde o padre atuava antes de ser transferido para Joinville e, desde que a coordenação da igreja soube das investigações, ele foi afastado. De acordo com o delegado titular de São Francisco do Sul e responsável pela investigação, Marcel Araújo de Oliveira, familiares de quatro crianças denunciaram o padre e, durante a investigação, uma quinta vítima foi identificada. As denúncias iniciaram e a investigação começou depois que uma das crianças pediu socorro ao pai através de mensagens, no final de maio. O abuso teria ocorrido durante um retiro espiritual no qual o menino participava com o padre e outros três garotos, em uma paróquia de Joinville. O garoto se trancou no banheiro até que o pai chegasse. A partir daí as denúncias e investigações iniciaram. De acordo com a polícia civil, cinco meninos confirmaram ter sido vítimas de abuso. Elas têm entre 12 e 13 anos e algumas afirmaram que os abusos iniciaram em 2015. A polícia trabalha com a possibilidade de o número de vítimas ser ainda maior. O padre está preso na Unidade Prisional Avançada (UPA) de São Francisco do Sul.