Padre é atingido por tiro durante assalto e impacto da bala é amortecido por crucifixo: ‘protegido por Deus’

Foto: CNBB

Por: Elisângela Pezzutti

11/10/2023 - 10:10 - Atualizada em: 11/10/2023 - 10:51

O fato de estar usando um crucifixo pode ter sido decisivo para salvar a vida de um padre, atingido por um disparo de arma de fogo na noite desta segunda-feira (9), em Caxias do Sul (RS), cidade localizada a 126 km de Porto Alegre. O objeto amorteceu o impacto da bala.

Jairo Luis Gusberti estava levando duas catequistas para casa por volta das 21h quando foi abordado por três criminosos, no Bairro Cristo Redentor.

De acordo com o delegado Luciano Righes Pereira, que investiga o crime, o trio se aproximou do carro dirigido pelo religioso e um deles atirou.

O tiro quebrou o para-brisa e atingiu o crucifixo na região do tórax do padre. Os assaltantes fugiram levando o veículo. “Eu fui protegido por Deus, esse é o testemunho que eu quero dar. De fato, o crucifixo, a cruz de Cristo que já nos salvou quando ele entregou a vida por nós, me salvou nessa noite passada também”, disse Jairo Luis Gusberti, em entrevista à reportagem da RBS TV.

O padre relatou que só percebeu que tinha sido atingido um tempo depois. “No primeiro momento, quando eles levaram o carro, eu ajudei as duas catequistas, fomos até a casa de uma delas. Depois que fui me dar conta que fui alvejado com uma bala”, disse.

Ele passou por um procedimento médico, está se recuperando e afirmou que segue rezando pelos assaltantes. “Rezar por estes também que executaram essa operação. Para que o amor de Deus os toque”.

Conforme o delegado, a principal linha de investigação é a de latrocínio tentado. O crime é investigado pelo Draco (Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas). Por enquanto, ninguém foi preso e os assaltantes não foram identificados.

A Paróquia Cristo Operário divulgou a seguinte nota nas redes sociais:

Padre Jairo agradece as orações de todos e a Diocese pede que seja respeitado esse momento de recuperação

A Diocese de Caxias do Sul informa que, na noite da segunda-feira, 09 de outubro, o padre Jairo Luiz Gusberti, vigário da Paróquia Cristo Operário,foi vítima de um assalto em Caxias do Sul. Ao levar algumas pessoas para casa após uma reunião de catequistas, o sacerdote foi abordado por indivíduos que anunciaram o assalto. Ao roubarem o veículo, que pertence à Mitra Diocesana de Caxias do Sul, houve o disparo de um tiro.

O crucifixo que o padre usava no peito amorteceu a força do projétil, que parou no osso do peito. Logo após ser socorrido, foi levado ao Hospital Unimed, em Caxias. Após realizar os exames, a bala retirada, ser medicado e permanecer algumas horas em observação, retornou para casa, onde está em recuperação.

Padre Jairo agradece as orações de todos e a Diocese pede que seja respeitado esse momento de recuperação.

Pe. Leonardo Inácio Pereira
Vigário Geral da Diocese de Caxias do Sul