Um homem de 41 anos estuprou e degolou a enteada de sete anos em Itajaí.

De acordo com a Polícia Militar, o crime foi registrado na noite desta segunda-feira (30), no bairro Cordeiros.

O autor foi morto em um confronto com a Guarda Municipal.

O homem teve uma discussão com a companheira de 39 anos.

Ele não aceitou o fim do relacionamento e matou a filha dela.

Ele também cortou os dedos do filho mais velho da mulher, de 16 anos.

Em seguida, o padrasto fugiu do local do crime.

As vítimas chegaram a ser encaminhadas para a Unidade de Pronto-Atendimento de Cordeiros, mas a menina não resistiu ao grave ferimento e morreu.

O estupro foi confirmado pelos médicos da unidade.

O autor é servidor público municipal e tinha 2 filhos de outro relacionamento, de nove e 13 anos.

Há o registro de ocorrência por alienação parental contra a ex, por não cumprir com direito de visitas.

Ele também possui registros de ocorrência contra o pai das vítimas, em 2017, por ameaça.

O pai registrou um boletim de ocorrência contra o autor, em 2019, por publicar fotos com a criança no colo sem roupa.

Guarnições da PM realizaram buscas pelo padrasto após o crime, mas ele entrou em confronto com guardas municipais no Portal II.

O autor estava armado com uma faca e foi morto pelos agentes de segurança.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança