Um paciente de 39 anos foi preso em Tubarão, no Sul de Santa Catarina, a 141 quilômetros de Florianópolis, após chamar um funcionário do Hospital Nossa Senhora da Conceição de "macaco". O crime aconteceu na noite desta segunda-feira (27).

De acordo com os policias militares, o homem aguardava atendimento quando começou a proferir ofensas ao funcionário.

Segundo reportagem da NSC, a vítima é um servidor terceirizado que atua na portaria da unidade, conforme informou a administração do hospital.

O funcionário ainda chegou a ser ameaçado fisicamente pelo paciente. A Polícia Militar registrou o caso como injúria racial. Segundo o artigo 140, parágrafo 3 º, do Código Pena o crime pode gerar pena de um a três anos de reclusão e multa.

O paciente foi levado até a delegacia. A Polícia Civil informou que o homem foi preso e conduzido ao presídio da região.

Segundo o Hospital Nossa Senhora da Conceição, a equipe jurídica da instituição acompanha os fatos.