Polícia Civil de Santa Catarina apreendeu doze bobinas de inox | Foto Divulgação

Polícia Civil de Santa Catarina apreendeu doze bobinas de inox | Foto Divulgação

A Polícia Civil desmontou um grupo criminoso com atuação interestadual especializado em furtos e roubos de cargas de bobinas de aço e inox. As peças, com grande valor do mercado, eram comunicadas como roubadas, para depois serem revendidas no mercado com notas fiscais adulteradas. Responsável pela operação, a Divisão de Furtos e Roubos de Cargas, vinculada a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) da Polícia Civil de Santa Catarina, cumpriu dez mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva.

Chamada de "Operação Peso da Lei", a ação ocorreu em cidades de Santa Catarina e do Paraná.

A investigação que monitorava o grupo iniciou há três meses e apurou serem os motoristas que notificavam os falsos furtos ou roubos de carga. As notas fiscais eram emitidas por falsos CNPJs abertos pelos criminosos.

A Polícia Civil de Santa Catarina apreendeu doze bobinas de inox, avaliadas em meio milhão de reais. Foi apreendido também um caminhão utilizado pelos criminosos para o transporte das cargas.

Na ação, durante as buscas nas residências e empresas dos investigados, foram encontrados um revólver calibre .38 com numeração suprimida e uma pistola calibre .380, além de documentos que comprovaram os crimes.

Participaram Operação no estado os Policiais Civis das delegacias de Araquari e Caçador, agentes das divisões de Investigação e o Grupo Tigre da Polícia Civil do Paraná.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?