Nesta quinta-feira, 1º, uma operação para cumprimento de mandados de busca e apreensão foi realizada em conjunto pela Polícia Militar e Polícia Civil na Vila Samaria, conhecida popularmente como “Buraco Quente”, e em outros bairros do município de Araranguá.

 

A ação iniciou por volta das 5 horas e se estendeu até o final da manhã, reunindo mais de 60 policiais civis e militares, contando com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar e helicóptero do SAER, além da Companhia de Policiamento com Cães (Canil) para efetuarem as buscas.

 

Na oportunidade, foi realizada uma prisão por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, uma prisão por posse irregular de munição calibre 12, uma pessoa com registro de desaparecimento foi encontrada e foram cumpridos dois mandados de prisão em aberto.

 

No total, foram apreendidos 17,5 gramas de crack, fracionadas em 30 pedras, 75,3 gramas de maconha, dividida em três porções, 11 “petecas” de cocaína, equivalente a 14,4 gramas, a quantia de R$ 6.475,00 em espécie, duas balanças de precisão, dois simulacros de arma de fogo, uma pistola calibre 9 mm, com registro de furto, sete munições calibre 9 mm, quatro munições calibre 12, e mais de 40 pessoas foram abordadas em edificações que são utilizadas apenas para o uso de entorpecentes.

 

Ao final, a Celesc realizou averiguação em imóveis com suspeita de furto de energia e a Secretaria de Obras do Município efetuou a limpeza de entulhos e lixos da área.

 

 

A operação foi planejada após o aumento de usuário de drogas e pedintes na área central de Araranguá, bem como em virtude da incidência de furtos em comércio, ameaças e constrangimento ilegal realizado contra as pessoas que negavam esmolas.

 

As atividades da operação foram coordenadas pelo comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Marcelo Bertoncini Zanette, e pelo delegado de Polícia Civil, Jair Pereira Duarte, responsável pela DIC de Araranguá.

 

 

Por fim, o comandante do 19º BPM, tenente-coronel Marcelo Bertoncini Zanette, relatou que na próxima semana será lançada a Operação “Araranguá Mais Segura”, onde além das ações repressivas, serão realizadas ações preventivas, em uma união de esforços entre as polícias e a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde e Assistência Social, para melhorar a situação dos andarilhos e possibilitar condições de tratamento aos usuários de drogas.