A Polícia Militar de Santa Catarina deflagrou nesta sexta-feira (11) a Operação Tiradentes II, considerada a maior ação conjunta na área de segurança pública já realizada no país, que envolve, simultaneamente, as forças militares dos outros estados.

As ações coordenadas entre a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram lançadas às 16h na Beira Mar Norte, em Florianópolis e seguem até as 8h deste domingo (13) – serão 40 horas de atuação ostensiva.

"É uma operação de caráter nacional, com ações eminentemente ostensivas e preventivas", explicou o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior. "Iremos operar com todo o nosso efetivo. Ao todo serão empregados, por cada turno de 12 horas, de 1.200 a 1.400 policiais, até o término das ações", completou. "Aqui em Santa Catarina, iremos saturar as áreas de maior incidência criminal, com ações de fiscalização e barreiras policiais", garantiu.