A Operação “Abastecimento Seguro” realizada em postos de combustíveis em Palhoça, na Grande Florianópolis lacrou duas bombas e notificou quatro estabelecimentos por falta de alvarás. Ao todo, 28 postos foram fiscalização na ação que envolveu a Polícia Civil, agentes da Agência Nacional de Petróleo (ANP) e o Procon Estadual.

Os dois equipamentos lacrados apresentavam divergência entre o que era apresentado na bomba e o que era mostrado no aferidor.

Os postos que tiveram suas bombas interditadas foram autuados e devem apresentar defesa no prazo de 15 dias. Caso isso não aconteça ou a defesa seja indeferida os estabelecimentos serão multados.

De acordo com a Delegada Regional de Polícia de Palhoça, Michele Correa Alves Rebelo, a operação é realizada todo o ano e permite uma abordagem mais completa.