Pelo menos 84 pessoas foram presas pela Polícia Civil de Santa Catarina nesta sexta-feira (9) durante a Operação Impunidade Zero. A operação começou no início da manhã em quatro Delegacias Regionais de Polícia -  Tubarão, Balneário Camboriú, Brusque e Jaraguá do Sul. Em Jaraguá do Sul, a Delegacia Regional encerrou a operação com quatro prisões, cumpriu três mandados de busca, duas pessoas foram detidas por uso de entorpecente e outros três adolescentes foram apreendidos. “Mobilizamos cerca de 22 policiais da Divisão de Investigação Criminal (DIC), Divisão de Furtos e Roubos (DFR) e Delegacia de Polícia (DP) de Guaramirim e obtivemos bons resultados”, resumiu o Delegado Regional de Jaraguá do Sul Adriano Spolaor. Nas demais cidades do Estado Em Tubarão e região foram realizadas 29 prisões definitivas - decretadas por sentença após transcurso de ação penal - e seis prisões preventivas - decretadas durante a fase de investigação policial ou no curso da ação penal. Foram realizadas ainda duas prisões por inadimplência de pensão alimentícia e duas prisões por descumprimento de por suspensão condicional da pena. Nove foram conduzidos ao Presídio de Tubarão para cumprimento da pena em regime fechado, quatro para regime semiaberto e dois no regime aberto. Além disso, 18 infratores já se encontravam detidos em razão da prática de outros delitos. Na região de Balneário Camboriú, pelo menos 32 pessoas que tinham alguma pendência com a Justiça foram tiradas de circulação. Os mandados de prisão compreendiam diversos crimes e 40 policiais civis participaram da operação. Em Brusque, os trabalhos foram encerrados no final da tarde com treze prisões. Doze policiais participaram da operação.