Voltaram para a cadeia hoje (01) a ex-delegada Jurema Wulf e outros envolvidos na Operação Game Over.
Conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na semana passada, quem for condenado em segunda instância pode recorrer, mas deve aguardar o julgamento do recurso na cadeia.
A Operação Game Over desarticulou, no ano de 2008, uma suposta quadrilha que explorava jogos de azar, como vídeo bingo, máquinas caça-níqueis e jogo do bicho em Jaraguá do Sul e Guaramirim.
Na época, Jurema e outras 11 pessoas haviam sido presas, mas cinco foram liberadas, entre elas a ex-delegada.
A Operação está sendo comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco.
Texto: Rádio Brasil Novo / Foto: Divulgação