Um dos três homens presos na operação "Duplo Impacto" | Foto Polícia Civil/Divulgação

Um dos três homens presos na operação "Duplo Impacto" | Foto Polícia Civil/Divulgação

Deflagrada no início da manhã desta quarta-feira (16), a operação "Duplo Impacto" encerrou por volta das 9h com o cumprimento de três mandados de prisão e dezesseis de busca e apreensão. Uma quantia em dinheiro, objetos usados para arrombamento de caixas eletrônicos e cinco carros - alguns de luxo avaliados em R$ 500 mil - foram apreendidos. A ação ocorreu na zona Sul e no bairro Aventureiro em Joinville, além do bairro Itinga em Araquari.

Operação '"Duplo Impacto" foi deflagrada no início da manhã desta quarta-feira | Foto Polícia Civil/Divulgação

Leia mais: Gaeco e Polícia Civil fazem operação contra caixeiros no Norte de SC

Os alvos da operação são investigados desde o mês de fevereiro de 2018, após o bando ter invadido agências bancárias no município de Joinville. Durante as investigações, coordenadas pelos delegados Walter André Miadaira Watanabe e Murillo Yago Batalha, foram identificados dez integrantes da organização criminosa.

"A operação foi denominada de Duplo Impacto, tendo em vista que durante as investigações identificamos sete agências bancárias que foram invadidas pelos criminosos, nos Estados de Santa Catarina e São Paulo, bem como a forma que os criminosos se utilizavam para lavar o dinheiro subtraído dos bancos", explica a polícia.

De acordo com o delegado Murilo Batalha, a operação conjunta entre o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e a Polícia Civil foi avaliada como positiva. Além dos veículos, foram apreendidos maçaricos, drogas, armas de fogo e objetos utilizados para arrombamento de caixas eletrônicos.

Imagens divulgadas pela Polícia Civil mostram como a quadrilha agia para arrombar caixas eletrônicos em Santa Catarina e São Paulo. Confira o vídeo de um arrombamento registrado no mês de março no bairro Bucarein, em Joinville:

Murilo destacou que a quadrilha praticava os roubos a bancos "sempre na parte da manhã, onde permaneciam por cerca de cinco minutos na agência e levavam uma quantia de R$ 100 mil a R$ 300 mil". Os roubos aconteceram em agências de Joinville e Navegantes (SC), Guarulhos, São Paulo e São José do Rio Preto (SP). 

Carro de luxo apreendido | Foto Polícia Civil/Divulgação

Os três homens detidos têm entre 20 e 30 anos. Após os procedimentos na Central de Polícia de Joinville, eles serão conduzidos ao Presídio Regional de Joinville. Os nomes deles não foram divulgados.

Veja os carros apreendidos pela polícia: