A Polícia Civil, por intermédio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Tubarão, realizou na manhã desta quinta-feira a Operação Fenrir para cumprir mandados de busca e apreensão em residências de suspeitos de terem praticado um roubo.

O crime foi na noite de 11 de fevereiro, quando as vítimas (um casal de idosos) foram feitas reféns.

Também participaram da operação o Pelotão de Policiamento Tático (PPT) da PM, o Setor de Inteligência da PM e o Canil.

As investigações iniciaram desde o registro da ocorrência.

Prisões

Na quarta-feira, as equipes prenderam em flagrante um dos envolvidos no roubo.

Com ele foram recuperados vários objetos subtraídos da residência como joias, relógios e câmeras fotográficas.

Na mesma ocasião, também foram encontradas cartas que o vinculam a uma organização criminosa que atua dentro e fora dos presídios em SC, fato que motivou a prisão em flagrante.

Em outro endereço, também de um dos suspeitos de participar do roubo, foi localizada uma pistola Taurus, calibre 380 e munições.

Segundo o delegado Ruben Teston, as investigações continuam no sentido de chegar aos demais envolvidos no roubo.