Uma operação do Ministério Público de Santa Catarina resultou na apreensão de 611,7 kg de alimentos impróprios para o consumo em restaurantes e mercados nas cidades de Ascurra, Apiúna e Rodeio, no Médio Vale do Itajaí.

A ação foi organizada pelo Centro de Apoio Operacional do Consumidor e executada pela Promotoria de Justiça de Ascurra nos dias 3, 4 e 5 deste mês, com apoio dos órgãos de fiscalização.

Na ocasião, a força-tarefa vistoriou três restaurantes e cinco mercados, nos quais recolheu, principalmente, produtos com a validade vencida ou sem indicação de procedência. Segundo o promotor Victor Abras Siqueira, foram apreendidas carnes bovina e suína, frango, peixes, embutidos, queijos, ovos, bebidas e outros produtos.

Os itens recolhidos foram inutilizados de acordo com as diretrizes sanitárias de descarte. Participaram da operação as Vigilâncias Sanitárias municipal e estadual, o Serviço de Inspeção Municipal (SIM), a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola do Estado de Santa Catarina (Cidasc), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Polícia Militar.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: