A Polícia Militar mais uma vez está de luto.

Faleceu na noite desta sexta-feira, o 2º sargento PM, Rodrigo Rabelo Citadin, de 36 anos, comandante da corporação no município de Lauro Müller.

O policial militar sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) na manhã de quarta-feira, teve outras sequências e não resistiu, sendo constatada a morte cerebral.

Devido à captação de órgãos - ele era doador -, o velório será realizado a partir das 20h deste sábado, na Capela Mortuária de Orleans e, em seguida, seguirá para cremação.

Ele deixa esposa e não tinha filhos.

Perdas

Este é o terceiro policial a falecer, somente neste ano, na Região Carbonífera.

O primeiro caso de 2020 foi do soldado Estevão Rovaris, de 32 anos, da PM de Içara, vítima de um acidente de trânsito em janeiro.

O segundo foi o cabo João Batista Figueira Ribeiro, de 42 anos, alvejado a tiros por um criminoso enquanto cumpria um mandado de prisão no bairro Renascer, em Criciúma, em abril.

E, agora, a despedida precoce do sargento Citadin.

A PMSC emitiu nota de pesar.

Confira:

É com imenso pesar que a Polícia Militar de Santa Catarina comunica o falecimento do 2º Sargento Rodrigo Rabelo CITADIN, Comandante do Destacamento da Polícia Militar de Lauro Müller/SC, na noite desta sexta-feira, 8 de maio de 2020, com 36 anos de idade, vítima de complicações em razão de um acidente vascular cerebral ocorrido na última quarta-feira (6/5).
Um exímio profissional que em vida sempre lutou pelo bem-estar das pessoas e mesmo após sua morte, como um último ato de heroísmo, ajudará a salvar vidas com a doação de seus órgãos.
O velório será realizado a partir das 20 horas do sábado (9/5), na capela mortuária de Orleans/SC e em seguida seguirá para cremação.
A família PMSC está em luto e manifesta o mais profundo sentimento de solidariedade aos familiares e amigos.
Jamais seja por nós esquecido!