A mulher de 55 anos suspeita de esfaquear o empresário Paulo Hering em Penha foi solta pela Justiça nesta quinta-feira (12).

O pedido foi feito pelo Ministério Público de Santa Catarina e deferido pelo juiz titular da 2ª Vara de Balneário Piçarras, Luiz Carlos Vailati.

Hering e a suspeita estavam com o casamento marcado para o dia 20 de agosto.

 

 

Apesar de ter sido solta, a mulher vai precisar seguir algumas medidas cautelares, como comunicar mudança de endereço, saída da cidade e comparecimento dos atos da ação penal.

O crime ocorreu na quinta, no apartamento em que o casal mora, na praia do Trapiche, em Armação.

Puc, como é conhecido, teria sido atingido por quatro golpes de faca.

Os golpes foram dados após uma discussão e teriam atingido o pulmão do empresário.

Hering foi internado no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, e a noiva foi presa em flagrante.

Paulo foi um dos fundadores da Ceval Alimentos, atual Bunge.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança