Um homem morreu após se jogar na frente de um trem em Jaraguá do Sul.

Uma testemunha afirmou que a vítima anunciou que iria cometer o ato no início da tarde desta sexta-feira (23), na rua Affonso Nicoluzzi, no bairro Rau.

O Corpo de Bombeiros Voluntários foi chamado para atender a ocorrência às 12h15.

A reportagem do OCP apurou que trabalhadores estavam fazendo a roçada no gramado às margens do trilho.

No momento em que esperavam as marmitas na hora do almoço, eles foram abordados pelo homem.

A vítima pegou um isqueiro emprestado para acender um cigarro de maconha.

"Depois de acender o cigarro de maconha, ele disse que iria se matar. Eu falei que isso não iria resolver nada, mas ele falou: 'Eu já estou cansado dessa vida escrota'. Ele foi embora, mas eu achei que ele não iria fazer isso", conta Ryan da Silva.

"O trem tocou a buzina e, na hora que chegou pertinho, ele se jogou no meio do trilho. Não deu tempo de ajudar ele. Um cara morrer na sua frente e não poder fazer nada é complicado", lamenta.

Ao ser atropelado, o corpo partiu em dois pedaços e o homem teve morte instantânea.

As polícias Militar, Civil e Científica foram chamadas para atender a ocorrência.

O maquinista não percebeu o atropelamento e seguiu viagem.

Procure o CVV

Você está com problemas emocionais e não sabe com quem conversar?

Os voluntários do CVV (Centro de Valorização da Vida) estão prontos para te ajudar 24 horas por dia.

Você pode entrar em contato com o serviço através do número 188.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública:

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança