As polícias, Civil e Militar, de Forquilhinha esclareceram um falso roubo e prenderam duas mulheres. Na tarde de ontem teria, supostamente, ocorrido a subtração, mediante violência e grave ameaça, da quantia de R$ 17 mil do malote de uma empresa, enquanto a funcionária do estabelecimento comercial se deslocava à agência bancária para depósito.

De posse de informações preliminares, diversas diligências foram imediatamente realizadas pelas polícias, Civil e Militar, de Forquilhinha, constatando-se que o fato noticiado (roubo) aos órgãos de segurança não era condizente com a realidade.

“Assim sendo, apurou-se o fato por completo, podendo-se apontar que, na realidade, tratou-se de um falso roubo para, desta forma, permitir que as autoras, mediante fraude e concurso de pessoas, pudessem subtrair os valores para si. Parte da quantia subtraída foi encontrada com uma das autoras e a outra parte subtraída localizada logo após, permitindo, assim, a recuperação e restituição integral do valor subtraído a empresa vítima”, explicou a Polícia Civil.

Fotos: Divulgação / Polícia Civil

Elas foram autuadas em flagrante delito pela prática do crime previsto no artigo 155, parágrafo 4, incisos II e IV, Código Penal, (furto), com pena que varia de 4 a 8 anos.