Mulher usa iFood para pedir ajuda após ser mantida em cárcere privado pelo ex-companheiro

Foto: IA/OCP News

Por: Luana Maia

10/07/2024 - 15:07 - Atualizada em: 10/07/2024 - 15:33

Uma mulher foi mantida em cárcere privado pelo ex-companheiro em Curitiba.

O crime foi registrado na noite de segunda-feira (8), no bairro Boa Vista.

Ela usou o Ifood para fazer um pedido em uma hamburgueria e, nas observações, relatou ter sido abusada e pediu ajuda da polícia.

Uma atendente do estabelecimento relatou que informou o caso ao patrão, que imediatamente acionou a Polícia Militar.

Os policiais foram até o local e prenderam o autor em flagrante.

O homem já tinha um histórico de violência doméstica.

A vítima relatou que teve um relacionamento com o homem e morado com ele por alguns meses.

Durante esse período, ela engravidou e sofreu agressões por parte do ex-companheiro.

Após terminar o relacionamento, a mulher voltou para a casa de sua mãe em Santa Catarina.

O contato com o agressor foi mantido por causa da filha de um ano.

O homem pediu para conhecer a bebê, o que fez com que a mulher voltasse a Curitiba.

Ao chegar na casa do suspeito na sexta-feira (5), a vítima afirmou que foi agredida e estuprada quando se recusou a manter relações sexuais com ele.

Desde então, ela estava sendo mantida trancada na residência.

A vítima e sua filha de um ano foram encaminhadas para uma casa de amparo.

O autor foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

 

Notícias no celular

Whatsapp