Uma mulher de 37 anos, moradora de Morro da Fumaça, morreu na madrugada desta segunda-feira após dar à luz a quadrigêmeas, no Hospital Unimed, em Criciúma, Sul do Estado.

Rosineia Tomaz Garcia, que trabalhava de zeladora, segundo as primeiras informações, não resistiu a uma parada cardiorrespiratória, logo após o parto. As bebês, todas meninas, que nasceram prematuras (sete meses), estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Rosineia deixa as pequenas Maressa, Rebecca, Haabe e Hanna, outras duas filhas, de 12 e 20 anos, fruto de outro casamento, marido, amigos e familiares enlutados. Em todo Sul catarinense, o clima é de comoção. A gravidez das quadrigêmeas foi possível após um tratamento específico, visando realizar um sonho do casal.

Despedida

O corpo será velado a partir das 20h na Capela Mortuária do Cemitério Municipal de Morro da Fumaça. O sepultamento está previsto para as 10h desta terça no cemitério local.