Uma mulher de 33 anos morreu tragicamente ao saltar de rope jump, uma espécie de pêndulo humano. O caso aconteceu neste domingo (10), em Karaganda, no Cazaquistão.

Conforme divulgado pelo jornal New York Post, o acidente teria acontecido após uma falha de comunicação da equipe responsável pela organização do salto.

Tudo foi filmado por um turista que estava no local. É possível ver a mulher, Yevgenia Leontyveva colocando os equipamentos necessários para realizar o salto, também é possível escutar a voz de um homem dizendo “eu te amo”, para ela. Em seguida a mulher se prepara para saltar de um prédio com cerca de 25 metros de altura. Yevgenia cai violentamente no chão.

O vídeo foi editado devido às fortes cenas de violência.

“Apesar das medidas médicas em andamento, a paciente morreu” disse um porta-voz da área da saúde para o site East2West.

A publicação ainda informou que o acidente aconteceu por conta de uma falha de comunicação entre os funcionários da equipe, porque a mulher recebeu um sinal verde para saltar antes que um dos funcionários pudesse prender a corda de segurança. Pelo contrário, ela estava com ela na mão ainda.

A força da queda puxou um dos profissionais e o derrubou ao chão, porém ele não teve nenhuma ferimento grave. Yevgenia foi socorrida, mas não sobreviveu.

De acordo com o New York Post, Yevgenia era uma saltadora que tinha experiência na área e era acostumada com a prática de esportes radicais. A mulher deixou três filhos.

Durante o trágico momento, uma das amigas de Yevgenia que se preparava para saltar também, presenciou o acidente e ficou completamente em pânico após a cena.

A polícia investiga a razão da morte e suspeita de negligência da empresa de esportes radicais.