Alegando agir em legítima defesa, uma mulher assassinou seu próprio marido com cinco tiros, na madrugada de terça-feira (20), no bairro Santa Regina, em Itajaí. Logo depois dos disparos, ela mesma ligou para a Polícia Militar informando sobre o crime.

A mulher de 36 anos alegou que sofria agressões do homem, com quem convivia há 20 anos e por isso cometeu o crime. Ela vai responder em liberdade.

O assassinato aconteceu por volta das 2h30min, após mais uma briga com o companheiro, segundo depoimento . Logo após o crime, ela pegou os dois filhos do casal, de 15 e 3 anos, e foi para a casa do irmão.

 

 

Conforme depoimento, o homem tentou violentá-la na noite de segunda-feira e ameaçou os filhos com uma pistola calibre 45 e uma arma de choque. Na casa, a PM apreendeu duas armas de fogo, uma de choque, um colete à prova de balas e 100 munições.

Na audiência de custódia, a manutenção da prisão dela não foi tida como necessária, segundo o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).