No dia 19 de fevereiro, uma mulher de 23 anos agrediu um cachorro enquanto discutia com o tutor do animal.

O cão se chamava Duque e era cego de um olho. Ele foi socorrido e tratado pela ONG (Organização Não Governamental) Protetores dos Animais de Bombinhas, que criou uma campanha para pedir ajuda com os custos do tratamento.

Mesmo com os cuidados, o cachorro morreu por causa da agressão.

Foto Divulgação

A Polícia Civil indiciou a mulher pelo crime de maus-tratos a animais, previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/98). Ela segue no aguardo do julgamento em liberdade.

Se condenada, poderá cumprir de dois a cinco anos de reclusão.

 

 

Com informações do ND+