Na tarde desta terça-feira, no bairro Renascer, em Criciúma, uma guarnição da Polícia Militar recebeu informações sobre tráfico de entorpecentes, próximo a uma ponte de madeira.

Em buscas pelo local, os policiais visualizaram uma mulher, conhecida por traficar no bairro, abaixada próxima a uma vegetação rasteira.

Segundo a PM, quando a suspeita percebeu a chegada da viatura saiu correndo para o lado oposto colocando as mãos na cintura, sendo alcançada pelos militares que estavam desembarcados.

Ela logo entregou uma pedra de crack pesando 6,5 gramas, que estava escondida na barra de sua calça.

Acionado o apoio da guarnição do Canil, foi encontrado mais 637 gramas de maconha, onde a suspeita estava abaixada, sendo dois torrões grandes e outros três pequenos, já cortados para a venda.

"Com a autorização da mulher para entrada em sua residência, foi encontrada uma pochete preta contendo em seu interior o montante de R$ 82,45 em notas diversas e moedas. Na residência, o cão de faro mudou o comportamento em um facão, sendo que o mesmo possuía resíduos de substância semelhante a maconha, utilizado para fracionar a droga para venda", informou a PM.

A mulher então foi presa em flagrante. Conforme a PM, ela se encontrava em liberdade condicional e, pouco tempo atrás, já havia sido abordada pelos policiais em outros locais onde ocorrem o comércio de drogas.