Uma mulher de 40 anos morreu em frente à UPA Sul, em Joinville, na noite da última terça-feira (23). Por volta das 22h, um técnico de ambulância percebeu que ela estava imóvel e solicitou auxílio dos profissionais da unidade de saúde, que constataram o óbito.

De acordo com a Prefeitura, a mulher era moradora de rua e circulava com frequência por aquela região.

Algumas vezes, sob efeito de álcool, teria buscado atendimento, com queixas aleatórias, e sido encaminhada - por meio do Programa Melhor Acolher - para os serviços de apoio.

No entanto, a Prefeitura destaca que, especificamente na noite de terça-feira, ela não solicitou atendimento aos profissionais da UPA Sul.

Um homem que estava com a mulher antes de a morte ser constatada contou aos profissionais da UPA que ela afirmou estar com fome e, por isso, ele saiu para comprar algo para eles comerem. Quando retornou, teria visto que a amiga estava aparentemente dormindo.

Após a confirmação da morte, o Instituo Médico Legal (IML) foi acionado. Entretanto, como não havia sinais ou suspeita de morte violenta, o corpo foi encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO), que vai emitir o laudo com a causa da morte.