Mudança em policiamento de Pirabeiraba causa alvoroço na comunidade

Mudança em policiamento de Pirabeiraba causa alvoroço na comunidade Mudança em policiamento de Pirabeiraba causa alvoroço na comunidade

Segurança

Por: Windson Prado

quarta-feira, 05:43 - 28/02/2018

Windson Prado
A informação de uma importante mudança no policiamento do distrito de Pirabeiraba tem causado preocupação em comerciantes e moradores da região que fica no extremo Norte de Joinville. A notícia de que o comando do 8º BPM (Batalhão de Polícia Militar) poderia fechar uma base de policiamento, que fica anexa ao Terminal de ônibus Pirabeiraba Max Luktër, deixou muita gente irritada e com medo do aumento da violência. O motivo da mudança na forma de conduzir o policiamento da região tem sido justificado pela PM por dois fatores, o primeiro seria de que a Prefeitura de Joinville, dona do imóvel onde funciona a base da PM, teria pedido a estrutura para a implantação de um Cras (Centro de Referência em Assistência Social). O segundo uma redefinição na forma de pensar o policiamento da região. Sem a base, a comunidade acredita que o policiamento fica comprometido. A unidade da PM mais próxima é a 2ª Companhia de Policiamento do 8º BPM, que fica ao lado do Perini Business Park, no bairro Distrito Industrial, há sete quilômetros do terminal de ônibus de Pirabeiraba. “Há tempos estão ameaçando retirar a base daqui de Pirabeiraba. O assunto veio à tona novamente no começo desta semana. Houve sim esta especulação, mas ainda não sabemos a decisão final do que será feito. Somos contrários a retirada da base da PM do Centro de Pirabeiraba. Nossa luta é pelo o fortalecimento dela, com mais efetivo para a região”, comenta a representante da Associação de Moradores de Pirabeiraba, Vildi Beltrami. Ela acrescenta que a comunidade sempre quis que a 2ª Cia, que funciona ao lado do condomínio empresarial do Distrito Industrial, ficasse no Centro de Pirabeiraba. “Era para ela ficar aqui. Acabaram levando para longe. A PM diz que sem a base, o policiamento será melhor nas ruas, mas os moradores não pensam assim”, finaliza Vildi. O empresário Luan Santos também é contrário a medida. “Se a violência já é grande com a base, imagina se ela for retirada. Acho que desativá-la será muito ruim para Pirabeiraba. Por aqui, é bem difícil vermos viaturas fazendo rondas, esta semana até que estava um pouco melhor, mas policiamento ostensivo não é uma realidade”, comenta Santos. Comandante da PM nega desativação, mas aposta em patrulhamento Nesta quarta-feira (28), o comandante do 8º BPM, tenente-coronel Jofrey Santos da Silva confirmou que haverá mudanças no policiamento de Pirabeiraba, mas disse que desativação da base é boato, sem qualquer fundamento. “O que acontece, é que a base da PM em Pirabeiraba funciona em um prédio da Prefeitura de Joinville. Recebemos um pedido da Secretaria de Assistência Social solicitando que o espaço fosse liberado para a construção de um Cras. Vamos atender a este pedido. O local passará por reformas e depois disso, usaremos o espaço de forma compartilhada. Com isso, o policial que hoje precisa ficar o tempo todo na base, vai poder fazer patrulhamento na região”, explica.
Nesta quarta-feira (28) comandante do 8º BPM, Jofrey Santos Silva, recebeu vereadores e lideranças da região para confirmar que base de Pirabeiraba não será desativada | Foto Oricelma Dutka
O comandante informa também que o batalhão pretende intensificar as rondas em Pirabeiraba. “Policial na base, não reprime criminalidade. A polícia precisa estar na rua, fazendo um trabalho ostensivo, ao lado dos cidadãos. A base não dá mobilidade. Por isso, tenho a certeza que o policiamento será fortalecido com os agentes na rua”, argumenta o tenente-coronel que enfatiza: “Pirabeiraba não ficará desassistida”. Atualmente o efetivo do 8º Batalhão – responsável pelo policiamento da região central, Leste e Norte de Joinville – é dividido da seguinte forma. “No Bucarein funciona a 1º CIA com o Tático e todos os serviços de apoio e logística como Rocam e canil. No Atiradores, anexo ao Batalhão, está a 4º Cia, responsável pelo policiamento na região central. Já as 2º e 3º Cia responsáveis pelo atendimento nas áreas Leste e Norte, estão estrategicamente localizadas no Distrito Industrial, muito próximo de Pirabeiraba. Isto foi pensado para dar mais efetividade nas ações de policiamento de toda a cidade”, finaliza. Na tarde desta quarta-feira (28) o comandante recebeu lideranças de Pirabeiraba e vereadores para discutir o assunto, e reafirmou que a base ficará aberta. Contraponto | O que dizem os vereadores que representam Pirabeiraba “Na tarde desta quarta-feira (28), fizemos uma reunião com o comandante do 8º BPM que nos assegurou que não irá retirar a base daquele espaço. O que ele nos disse é que a Prefeitura vai reformar o local para implementar um Cras, a PM irá utilizar uma das salas do Cras como base. Também nos foi dito que o policiamento daquela região será incrementado com mais uma viatura e dois policiais que farão rondas ostensivas em Pirabeiraba”, Fernando Kreling, (MDB) | Foto Nilson Bastian/CVJ “A reunião foi bastante proveitosa. A comunidade pode ficar tranquila, porque o posto da PM ficará lá. O comandante do 8ºBPM está sensível ao apelo dos moradores de Pirabeiraba, que são contrários a extinção do posto policial. Ficamos muito satisfeitos com isso”, Odir Nunes (PSDB) | Foto Nilson Bastian/CVJ Contraponto | O que diz a Prefeitura de Joinville A Prefeitura de Joinville informa que está expandindo os Cras (Centro de Referência em Assistência Social) no município e o Distrito de Pirabeiraba vai receber uma unidade. A Secretaria da Assistência Social está avaliando a possibilidade de utilizar um espaço junto ao Terminal Urbano desta localidade.
×