Muitos turistas que estavam no Litoral Norte de Santa Catarina aproveitaram a manhã desta quarta-feira (2) para voltarem para casa. Assim como em todo o dia 1º, desde o final da madrugada, o movimento nas BR-101, BR-280, BR-376 e rodovias estaduais que dão acesso às praias do Litoral Norte é grande. Mas, dentro do esperado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) e PMRV (Polícia Militar Rodoviária).

Por volta das 14 horas, o fluxo era mais crítico na BR-101, entre as cidades de Balneário Camboriú e Barra Velha. Havia filas e pontos de muita lentidão. Nos trechos entre Barra Velha e Garuva o movimento era um pouco menor. Filas só mesmo nas praças de pedágio.

Ainda pela manhã, na região de Joinville um acidente contribuiu para uma breve fila, na altura do KM 55 da rodovia, na pista Norte. No trecho entre Garuva e Curitiba (PR), na Serra do Mar, o trânsito flui bem, tanto para quem desce à Santa Catarina, quanto quem sobe a Curitiba. Ate as 14h não havia registros de acidentes.

Arteris divulga balanço

No início da tarde a Arteris Litoral Sul, concessionária que administra as rodovias BR-116, BR-376 e BR-101, divulgou um balanço dos atendimentos e movimento nos últimos quatro dias. Conforme a empresa o movimento nas praças de pedágio entre Curitiba e Florianópolis o feriado prolongado de Ano-novo foi 63% maior do que o registrado em dias normais, com volume médio diário de 54 mil veículos por praça. Entre 28 de dezembro e 2 de janeiro, a concessionária realizou 3.923 atendimentos nas rodovias.

A maior parte dos acionamentos, 48%, ocorreu em solicitações de auxílio mecânico. Em situações de socorro médico, a Litoral Sul prestou 210 atendimentos clínicos e suporte a 173 acidentes, com 55 vítimas leves, três moderadas, quatro graves e um óbito – morte por atropelamento no km 97 da BR-116/Contorno Leste na noite do dia 30 de dezembro.

Leia mais: PRF encerra Operação Fim de Ano sem mortes nas estradas de SC

São Francisco / Jaraguá do Sul

Na BR-280, entre São Francisco do Sul e Jaraguá do Sul, o movimento é bem intenso. Durante toda a manhã houve lentidão, filas, e até momentos em que o fluxo ficava parado, principalmente no trecho urbano de Araquari e Guaramirim.

A tendência, segundo a PRF é que o movimento continue e até cresça, principalmente no domingo. Os agentes recomendam aos motoristas, paciência, atenção e respeito às leis de trânsito.

Já nas estaduais o ponto mais complicado continua sendo no acesso de Garuva, em que turistas precisam sair da BR-101 e entrar na SC-417, no Contorno de Garuva, que leva à Itapoá e ao Litoral Sul do Paraná.

Quer receber as notícias no WhatsApp?