Continua sendo um mistério o paradeiro dos dois motoristas, de um camaro e de uma BMW, que no último final de semana se envolveram em um grave acidente em Palhoça. Na BMW, duas passageiras ficaram feridas e outra internada na UTI e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) não descarta a possibilidade de que os motoristas disputavam racha. Os motoristas fugiram, mas foram identificados no mesmo dia.

Segundo a PRF, duas pessoas se apresentaram tentando se responsabilizar pelos veículos, dentre elas o pai do motorista da BMW e um funcionário do pai do homem que dirigia o Camaro, porém, os agentes, no entanto, não acreditaram nas versões dos mesmos, sendo que depois de conversas com os policiais, o senhor da BMW confessou que era o filho dele que estava dirigindo o veículo.

Da mesma forma, a outra pessoa que se apresentou pelo Camaro teria dito à polícia que havia assumido em nome do filho do patrão. Os condutores devem responder pelos crimes de lesão corporal e por fugir sem prestar socorro, aponta a PRF.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger