Motorista que arrastou mãe e filha em moto deve responder por três crimes de trânsito em Jaraguá do Sul

Foto: Fábio Junkes/OCP News

Por: Claudio Costa

26/09/2023 - 14:09 - Atualizada em: 27/09/2023 - 09:54

Um homem que provocou um acidente em Jaraguá do Sul deve responder por três crimes de trânsito.

A batida envolvendo dois veículos e uma moto aconteceu na tarde desta segunda-feira (25).

A Polícia Militar foi chamada para atender a ocorrência por volta das 13h.

Uma mulher, de 33 anos, e a filha dela, de 11, ficaram feridas no acidente.

Segundo a PM, o autor vai responder pelos crimes de afastar-se do local do acidente para fugir à responsabilidade, deixar de prestar socorro à vítima e lesão corporal culposa em acidente de trânsito.

De acordo com uma testemunha, um Volkswagen Gol bateu na traseira de uma Honda Biz em na qual estavam as duas vítimas.

O veículo passou a arrastar a motocicleta e as duas caíram.

O carro quase passou por cima da mulher e da criança.

“Ele tentou fugir, porque ele deu uma acelerada forte e bateu no carro da frente. Isso arrebentou com a frente do carro. Os populares é que tiveram que retirar ele do carro, porque em nenhum momento ele saia do carro. Quando saiu, ele começou a fumar um cigarro eletrônico”, comenta a testemunha.

“Ele não conseguiu realizar a fuga por dois motivos: um porquê o carro não ligava mais e outro porque uma mulher cortou a frente do veículo dele com o carro e impediu a passagem. Se não fosse isso, ele teria fugido do local”, completa.

Segundo a Polícia Militar, após o acidente, o Gol bateu em um veículo que estava estacionado.

Foto: Fábio Junkes/OCP News

A condutora da motocicleta foi socorrida com um ferimento abrasivo no joelho esquerdo e no cotovelo direito.

A filha da motociclista foi atendida com um ferimento abrasivo no joelho esquerdo.

Ambas foram liberadas no local após assinarem um termo de recusa de condução ao hospital.

O trânsito nas imediações do Hospital São José ficou complicado durante o atendimento das vítimas.

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.