A Polícia Militar Rodoviária de Florianópolis foi surpreendida com a atitude de um motorista que, autuado em uma blitz de rotina, ateou fogo no próprio carro. O fato aconteceu nesta terça-feira (31), no Posto da PMRSC, na Praia do Campeche, na Capital.

Os policiais faziam um procedimento de rotina quando abordaram o Palio Weekend, ano 1999, placas de Laguna (a descrição da placa não foi divulgada, nem o nome do motorista) que estava com o licenciamento atrasado.

Ao ser informado de que o carro seria apreendido e levado para o pátio do Detran, o motorista se aproveitou da desatenção dos policiais e ateou fogo no veículo.

Os policiais só conseguiram apagar o fogo por conta da ajuda de um caminhão pipa que passava no local no momento, uma vez que com os extintores não foi possível controlá-lo.

De acordo com o Capitão Davi, da PMRSC, está descartada a hipótese de atentado. O motorista foi preso e encaminhado para a Central de Plantão Policial e responderá por crime de prática de incêndio.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?