A Polícia Civil de São Francisco do Sul deve investigar as causas do grave acidente envolvendo três veículos na noite desta sexta-feira (22), na SC-415, em São Francisco do Sul. A hipótese de que a batida tenha sido causada por um motorista embriagado não está descartada. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, um dos condutores envolvidos na ocorrência fez o teste de bafômetro que teria constatado 0,44 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Esta quantidade é superior à permitida pela lei, o que já é considerado crime de trânsito. O condutor, um homem de 28 anos, morador de São Francisco do Sul, ficou gravemente ferido. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, ele estava alterado e se recusou a dar informações, como o nome, por exemplo. O motorista teria dito aos agentes que emprestou o automóvel de um amigo para ir buscar o filho. De acordo com o boletim de ocorrência de trânsito da Polícia Militar Rodoviária, o homem só não recebeu voz de prisão porque estava ferido e precisou ser conduzido ao Hospital Municipal São José, onde seguia internado na manhã deste sábado (23). Após o teste de bafômetro, a PMR informou o crime de embriagues à Polícia Civil que segue na investigação do acidente. Outras sete pessoas que também se envolveram na batida tiveram ferimentos leves. O acidente aconteceu por volta das 22h, no quilômetro 3 da SC-415, no trecho da rodovia que liga a BR-280 às praias de São Francisco do Sul e envolveu um Fiat Uno com placa de Aurora, em Santa Catarina, um Volkswagen Gol registrado em Belo Horizonte, em Minas Gerais, e um Chevrolet Corsa com placa de Joinville. O trânsito ficou complicado e só foi normalizado às 2h deste sábado. No final da manhã, Polícia Militar Rodoviária informou que o fluxo era intenso na rodovia estadual, mas não havia outros acidentes tanto no trecho de São Francisco do Sul, quanto no acesso à Balneário Barra do Sul. Reportagem de Windson Prado para o Jornal de Joinville.