Motorista de transporte escolar público é investigado por importunar sexualmente uma menor

Imagem Ilustrativa/Divulgação

Por: OCP News Criciúma

21/09/2023 - 11:09 - Atualizada em: 21/09/2023 - 11:54

A Polícia Civil de Laguna investiga o caso de um motorista de transporte escolar público suspeito de importunar sexualmente uma monitora, de 17 anos.

O homem foi afastado pela Prefeitura de Laguna, que instaurou um processo administrativo disciplinar para apurar o caso. A ocorrência foi registrada há uma semana, na Ponta da Barra.

Segundo informações, o motorista teria acariciado a cintura da monitora e tentou tocar os seios da vítima, que conseguiu se desvencilhar. Mais tarde, ele teria enviado áudios para a monitora pedindo perdão pelo ocorrido para que o caso não fosse repassado para a Secretaria de Educação e Esportes do município.

Em nota, a Prefeitura de Laguna, por meio da Secretaria de Educação e Esportes, informou que, ao tomar conhecimento da denúncia, foi solicitada imediatamente a abertura de um processo administrativo disciplinar para apurar as acusações e tomar todas as medidas cabíveis.

“A prática de qualquer tipo de assédio é inadmissível e não condiz com os princípios da administração municipal. No que se refere ao processo administrativo, o acusado, caso seja comprovada a sua culpa, será punido de acordo com previsão legal. Até a apuração dos fatos, o profissional será afastado do cargo e poderá apresentar defesa frente a acusação. A prefeitura reafirma seu compromisso com a apuração dos fatos e seguirá colaborando com as investigações da Polícia Civil. Nenhum tipo de assédio, de qualquer ordem, ou importunação sexual será tolerado”, explica a nota.

Ao Diário do Sul, o delegado Thiago Fernando dos Santos Reis informou que o caso é investigado pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e ao Idoso (Dpcami) e segue em segredo de justiça.

 

 

 

 

 

Com informações do Diário do Sul