Motorista de aplicativo afirma que idoso estava vivo antes de ir a banco

Foto: Reprodução Redes Sociais

Por: Claudio Costa

18/04/2024 - 14:04 - Atualizada em: 18/04/2024 - 14:39

O motorista do carro por aplicativo que levou Paulo Roberto Braga, de 68 anos, e Erika de Souza Vieira Nunes para o banco prestou depoimento.

Nesta quarta-feira (17), ele foi até a delegacia de forma espontânea e acompanhado de uma advogada.

O homem disse que pegou os dois em casa e que as filhas de Erika e os vizinhos ajudaram a colocar o idoso no carro.

Na hora de descer, o motorista falou que Paulo chegou a segurar na porta do carro.

Segundo a Record, o condutor disse que conversou com funcionários do shopping enquanto Erika foi pegar uma cadeira de rodas.

Enquanto o motorista segurava a cadeira de rodas, a mulher retirou o idoso de dentro do automóvel.

O condutor afirmou que Paulo segurou na porta do carro para descer e estava vivo. Depois, ela empurrou o idoso para dentro do shopping.

O caso foi registrado na tarde desta terça-feira (16), em Bangu, na zona Oeste do Rio de Janeiro.

Érika de levou o parente em uma cadeira de rodas para uma agência do Itaú.

Pessoas que estavam no local estranharam a forma como a mulher interagia com o idoso.

Ele estava excessivamente pálido e não demonstrava reação.

Um empréstimo de R$ 17 mil estava pré-provado no nome de Paulo e Érika foi até a agência para resgatar o valor.

Um vídeo mostra ela pegando na mão do idoso para fazer as assinaturas necessárias para liberação do dinheiro.

Para disfarçar, a mulher falava com o cadáver e chegava a levantar a cabeça dele.

*Com informações de Record.

 

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.