Uma segunda vítima do acidente entre dois carros ocorrido na BR-280, em São Bento do Sul, morreu horas depois de ser socorrida pelos bombeiros na tarde deste sábado (4). Erminda de Assis Silveira, 90 anos, estava consciente quando foi atendida pelos bombeiros de Corupá. Ela foi encaminhada ao pronto-atendimento, onde foi constatado um trauma de tórax. Acabou não resistindo e morreu na unidade pouco depois da morte da filha. A filha dela, Alzini Alaíde Silverio, de 67 anos, estava no mesmo veículo e morreu ao dar entrada no P.A. com múltiplas fraturas e parada cardiorrespiratória. O motorista do carro Fiat Pálio, Eliazar, 61 anos, é marido de Alzini. Ele estava com dores pelo corpo e foi encaminhado ao P.A. para avaliação, mas já teve alta médica. O motorista do Gol, de 44 anos, foi atendido com contusão na face e conduzido em estado estável ao hospital. Os velórios de mãe e filha ocorreram simultaneamente na Capela Bom Jesus, em Guaramirim, desde a madrugada deste domingo (5). Os sepultamentos de Erminda e Alzini foram realizados às 17h deste domingo, no Cemitério Municipal de Guaramirim. A família mora na Estrada Bananal do Sul. LEIA MAIS: Batida entre carros é registrada na BR-280 A colisão entre dois carros ocorreu às 15h30 deste sábado (4), no km 100 da BR-280, em São Bento do Sul. Segundo testemunhas, o Fiat Pálio estava no sentido Corupá/São Bento quando rodou na pista e foi atingido pelo Gol na lateral. Os motoristas dos veículos foram encaminhados ao hospital, mas sem gravidade. A ocorrência foi atendida pelos bombeiros voluntários de Corupá, bombeiros militares de São Bento do Sul e pela Polícia Rodoviária Federal.