O menino de 11 anos que foi arremessado para fora do apartamento após uma explosão na manhã deste sábado (29), em Curitiba, teve a morte confirmada durante esta tarde.

De acordo com o Hospital do Trabalhador, onde ele estava internado, o garoto – que se chamava Mateus – estava passando pela 2ª cirurgia neurológica, mas não resistiu.

Antes de ser internado, ele chegou a ser reanimado pelos bombeiros após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

 

 

Matheus era irmão de Raquel Lamb, de 23 anos, que está em estado grave no hospital. Ela morava com o marido Gabriel de Araújo, de 27 anos. A situação dele é estável.

A quarta vítima, Caio Santos, de 30 anos, era o técnico que estava realizando o trabalho de impermeabilização no sofá quando a explosão ocorreu. Ele também está estado grave.

O acúmulo de gás desse equipamento em um ambiente fechado pode ter causado o acidente.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger