Foto: Redes Sociais Morreu nesta quarta-feira (10) a paciente Giane Samara Serpa, de 18 anos. Ela ficou conhecida por estar há quase 15 anos na UTI do Hospital Jaraguá, em Jaraguá do Sul, e internou quando tinha aproximadamente quatro anos. Só saiu de lá duas vezes, e foram saídas bem rápidas. Em julho de 2015, Giane completou 18 anos. Ela estava tetraplégica, num caso raro provocado por trauma na coluna cervical – semelhante ao que viveu o ato Christopher Reeve, que fez o Superman nos cinemas. O pai é Moacir Serpa, que trabalha como instrumentador no Hospital São José. A tetraplegia de Giane foi gerada por um acidente de trânsito. Justamente no mês de fevereiro de 2002, ela foi atropelada por um veículo na Vila Lenzi, quando tentava atravessar a rua. Com a batida, quebrou as duas pernas e teve lesões sérias nas duas primeiras vértebras, a partir da cabeça em direção às costas. Em nenhum momento desses 15 anos, os aparelhos foram desligados. A morte ocorreu às 7h desta quarta-feira (10). O velório será realizado em um templo, localizado na Av. Getúlio Vargas – Centro de Jaraguá do Sul. O corpo será cremado amanhã, às 10h.
Fonte: Rádio Jaraguá AM